Hoje vou falar sobre mindset, essa palavra estrangeira que virou moda. Afinal por que o mindset é tão falado e o que é isso?

O mindset é o seu conjunto de valores e crenças. É a forma como você enxerga as coisas.

diagrama-mindset

Cada um tem seu próprio mindset. E não tem como ter igual ao de ninguém e isso torna você e seu mindset únicos e especiais. Afinal, só você vive a sua vida e ninguém mais!

Nós somos frutos de nossas experiências, ambientes, família….ok! Até então o Mindset parece ser algo que se adquire passivamente, nascemos e vamos acumulando. Mas espera! E se o seu, o meu mindset não estiverem trabalhando de forma a nos ajudar?
E se eu quiser trocar alguns valores pra balancear o meu mindset?

Ora, claro que eu posso escolher deixar de torcer pro vasco e passar a torcer pro flamengo… Não, não é tão simples assim. É preciso primeiro acreditar no seu novo valor. Afinal ninguém troca de time como quem troca de camisa! E isso vale para qualquer mudança de crença, para trocar um grupo de pensamentos que carregamos conosco por anos, precisamos nos adaptar ao novo e passar a apostar na validade dele.

A melhor ocasião para detectar a necessidade de ajuste de mindset é quando aquela crença não está te impulsionando e ao invés disso está te puxando pra trás. Essa seria uma crença limitante, opiniões e valores que temos como certos, talvez porque ouvimos serem repetidos tantas vezes que nunca paramos para decidir se aquilo realmente é verdade e que nos influenciam negativamente.

Um exemplo clássico de crença limitante é relacionado a dinheiro. Quem nunca ouviu falar que dinheiro é sujo, que a maioria das pessoas enriqueceu de forma ilícita, que não terão um lugar no céu… eu já ouvi!
Por mais que pareça uma besteira e esse tipo de valor, que nem foi criado por você, pode muitas vezes te travar, quando se trata de decidir algo relacionado a dinheiro.
Algumas pessoas acham que dinheiro é problema e que serão invejadas e mal vistas se tiverem abundância financeira.

Estudar o próprio mindset, observando atentamente a nós mesmos, pode nos dar ótimas dicas de onde têm valores inseridos que estão atrapalhando.
Uma vez localizados, fica bem fácil saber em que área temos que trabalhar a substituição, começamos aos poucos a questionar aquela crença e a cultivar outras em seu lugar.
E finalmente um dia vamos substituí-la por outra que faça mais sentido e que seja mais útil pra nossa vida.
Podemos querer mudar o mindset especificamente para uma área. Eu por exemplo, posso querer ajustar meu mindset para aprender a dirigir e no entanto ser uma ótima ciclista!
A parte mais difícil é acreditar em algo novo, acreditar que somos capazes e que podemos mudar nossa crença e a partir disso tudo flui.

Aprender faz parte de nosso crescimento, de criança até adulto e quando adulto até a morte. Depois de algumas pesquisas foi criado o conceito de mindset de crescimento x mindset fixo.

 

Mindset de crescimento

Mindset de crescimento é onde temos a capacidade mental infinita, nós podemos aprender qualquer coisa embora não tenhamos AINDA esse conhecimento. Eu posso treinar minha mente para aceitar novos conceitos e possibilidades que vão expandir meus horizontes. É tudo uma questão de se colocar disponível para aumentar a própria experiência, se dar uma chance.

 

Mindset fixo

O mindset fixo é aquele que teríamos uma capacidade intelectual limitada, achamos que não temos talento/facilidade para aprender determinada coisa. Ele é auto crítico e não tem confiança em si mesmo. Enquanto estamos focando no erro, não abrimos espaço para aprender.

Pgrowth-chartodemos ter os dois tipos de mindset o fixo e o de crescimento em assuntos diferentes. Já ouviu falar sou bom em português, mas péssimo em matemática? É por aí… Que tal começar a trocar o mindset fixo pelo de crescimento e ampliar nossas possibilidades para muito além?!

 

 

 

 

Um vídeo bem legal da Carol Dweck (psicóloga), em um TEDx event, sobre mindset fixo e mindset de crescimento. Veja o video aqui!

 

Um super beijo.

 

 

Posts relacionados