Na hora de escolher uma fonte para o seu projeto, alguns pontos são importantes, como planejar para quem é o projeto e o que deseja comunicar.

Legibilidade

A legibilidade é o primeiro ponto a ser observado. Ao escrever um texto, certamente existe uma mensagem a ser passada que precisa ser legível.

Observe se as letras têm bom espaçamento entre si. As letras quando estão muito próximas dificultam a leitura. Veja também se a altura da fonte é boa, teste os caracteres minúsculos, maiúsculos e os números. Pode acontecer de uma fonte ser incrível, mas algum caracter dela não ser bem desenhado/legível.

Olhe também como a fonte se comporta quando aplicada a uma massa de texto. Note se é possivel ler com precisão todo o conteúdo.

 

Objetivo do design

Na hora de escolher uma fonte, ficamos tentados a seguir por um caminho de escolha que leva em consideração o nosso gosto pessoal. Essa pode ser uma grande armadilha, afinal estamos criando conteúdo para outras pessoas. Considerar apenas nosso gosto, pode não ser uma boa decisão.

A estética precisa ser adequada ao público. É como se você adorasse salsa, mas estivesse tocando hip hop e ainda assim você insistisse em dançar a salsa.

Qual a mensagem que você quer passar? E com quem está se comunicando? Então, tendo em mente o objetivo do projeto e o público podemos afunilar na hora da escolha da fonte ideal.

Vou listar aqui alguns exemplos práticos de fontes aplicadas à alguns estilos, não pretendo colocar todos estilos, apenas mostrar alguns.

 

Estilo moderno

A ideia é passar objetividade, dinamismo e contemporaneidade. Exemplo: produtos com tecnologia de ponta, serviços inovadores, projetos ligados à moda e consumo costumam transmitir modernidade em suas mensagens. 

 

Estilo clássico

O estilo clássico tem como objetivo passar segurança por meio da tradição e também a ideia de alto valor agregado. Exemplo: produtos premium, carros de luxo e jóias.

 

Estilo radical

Geralmente aqui é um público jovem e super antenado com as tendências. Exemplo: temas ligados a esportes tradicionais e radicais, viagens, shows e temas relacionados à música.

 

Estilo elegante

O conceito de elegância hoje está muito ligado ao minimalismo. A ideia é ser objetivo e mostrar que tem estilo próprio com forte personalidade. Exemplo: temas ligados à decoração, moda e beleza.

 

Estilo divertido

Passa uma mensagem de diversão, brincadeira e leveza. Exemplo: temas ligados a crianças como brinquedos e roupas infantis.

 

Quer mais dicas, este post aqui fala sobre fontes com serifa e sem serifa, vem dar uma olhada.

Gostou do post? Compartilhe com os amigos!

 

 

Posts relacionados