Chegou outubro e com ele o tão muito conhecido “Outubro Rosa”.

Eu vou contar aqui o porquê da grande importância dessa campanha!

Você sabia que o câncer de mama é o que mais atinge as mulheres no Brasil e em todo o mundo!?

Só isso já motivo suficiente para a gente falar e muito sobre essa campanha! Seguido do câncer de mama, vem o melanoma (câncer de pele) esse é o segundo tipo de câncer que mais atinge as pessoas no mundo.

Todo mundo conhece alguém que tem ou teve algum tipo de câncer, é a tal doença que não se fala, a proibida… Antigamente não se falava a palavra, o nome da doença… como que se deixando quieto ela fosse desaparecer. Só que não falar sobre ela não ajuda em nada! Aliás só atrapalha. Hoje informação é ouro.
Quanto mais se fala, mais a informação circula e mais as pessoas ficam cientes de como evitá-la.
Se você não cuidar de você mesma, sinto lhe informar, ninguém irá cuidar. Tem coisas que só nós podemos fazer por nós mesmas, como ter uma boa alimentação e fazer alguma atividade física.

A recomendação em geral para o exame de mamografia, que detecta se existe câncer antes de se ter qualquer sintoma, é que seja feito a cada dois anos e para as mulheres acima dos 40 é necessário que seja feito o exame anualmente…O meu médico, recomenda que seja feito uma vez a cada ano, embora não esteja nos 40 ainda. É uma exame desconfortável e até um pouco doloroso. Mas é essencial! Eu falo pra mim mesma, é chato mas não se vive só de lazer, vambora!

Deixo minha contribuição compartilhando as informações sobre fatores de influência e um infográfico bem legal sobre o tema!

Alguns fatores que influenciam para que se desenvolva a doença

• Envelhecimento
• Histórico familiar de câncer
• Consumo de álcool
• Excesso de peso
• Tabagismo
• Sedentarismo
• Exposição à radiação

Outros fatores que influenciam para que se evite a doença

• Prática de atividade física
• Alimentação saudável

 

infografico-post

 

O “Instituto Neo Mama de Prevenção e Combate ao Câncer de Mama” lançou um aplicativo para falar sobre o câncer de mama nas redes sociais. Dá uma olhada!

Gostou do post!? Então compartilha! Vamos divulgar o máximo de informações possível!

Fonte: Governo federal

 

 

Posts relacionados